Barbie in The 12 Dancing Princesses

Por Barbie Girl
Em Videogame
67 Visualizações
12 Dancing Princesses

Game: Barbie in The 12 Dancing Princesses
• Barbie em: As 12 Princesas Dançarinas
Plataformas: GBA DS PS2 PC
Desenvolvedor: Activision
Gênero: Plataforma

O Jogo

A impressão inicial de Barbie in The 12 Dancing Princesses é de que o jogo parece uma cópia de Dance Dance Revolution com umas pitadas de jogos de moda. A expectativa é de que o jogo não seja criativo e original, mas na verdade ele é. Prepare-se para ter uma surpresa agradável, porque essas princesas dançantes tem todos os movimentos certos!

barbie dancingBaseado em um filme para DVD, o jogo lança Barbie como Genevieve, sétima de uma dúzia de irmãs. É um monte de filhas para criar, de modo que o rei viúvo convida sua prima, a Duquesa Rowena, para vir para o castelo e ajudar a criá-las. Rowena é má, claro. Ela envenena o rei e captura 11 das 12 meninas, prendendo-as em vários esconderijos ao redor do castelo. Cabe a Genevieve explorar a ampla propriedade, resgatar suas irmãs, encontrar e derrotar Rowena e salvar seu pai de seu sono eterno induzido pelo veneno.

São 16 níveis de jogo e quatro mini-jogos desbloqueáveis. O jogador deve usar as habilidades especiais dadas por cada irmã para superar os obstáculos e salvar o rei da poção venenosa. Explore o castelo e as terras reais, incluindo a Sala do Trono, o pavilhão dourado, torres e escadas secretas.

O gameplay toma a forma de um jogo de plataformas básico. Genevieve só anda e pula no começo, mas logo ganha novas habilidades. Basta encontrar suas irmãs e logo Barbie – quer dizer, Genevieve – ganha poder de atacar os inimigos com uma rede de borboleta. Mais tarde, mais irmãs oferecem o poder de atravessar os buracos anteriormente intransitáveis ​​com palafitas mágicas. E então você pode fazer escadas de fitas e obter um taco para bater bolas que acionam interruptores.

12 princesas dançarinas

Você acaba com um monte de habilidades diferentes. Todas ela ficam acessíveis, permitindo que você alterne entre os poderes rapidamente. O jogo vai ganhando complexidade, ele é construído para aproveitar a maior variedade de poderes ​​disponíveis em níveis mais avançados – como um título tipo Metroid e Castlevania, onde você não começa com muita coisa, mas tem um grande arsenal até o final do jogo. A fórmula funciona bem para jogos assim e aqui não é diferente – o ritmo em que novos poderes são ativados não é muito rápido nem muito lento, e descobrir o próximo poder de Genevieve é uma boa motivação para jogar a aventura até sua conclusão.

O desenho de fases também é muito bom e ajuda a querer continuar jogando. Uma torre de relógio esquema Castlevania e um salão assombrado de espelhos completam a jornada de Genevieve, e são o lar de algumas das mais interessantes ideias do jogo. As salas de espelhos, em particular, são criativas. Você tem que levar Genevieve através de dois planos paralelos, com plataformas e chaves que aparecem em apenas um dos dois, mas que afetam o progresso em ambos. A única desvantagem é que esses conceitos verdadeiramente únicos aparecem mais no fim do jogo – o começo da aventura é bem mais básico.

Vale a pena jogar!

Barbie in the 12 Dancing Princess é uma surpresa refrescante, oferecendo muito mais inovação e diversão do que se esperaria encontrar em um produto trazido a você pela Mattel. A animação é boa e os ambientes vibrantes, a música se encaixa bem à aventura dá o tom para cada nível. O game começa como um jogo básico de plataforma, mas se transforma em algo muito mais envolvente, interessante e gratificante enquanto o jogador progride.

Embora o desafio seja mais para o lado fácil, o jogo é uma ótima opção para os jogadores mais jovens que estão começando a descobrir games de plataforma.

Versão Nintendo DS: